BARALHO DO CRIME DA BAHIA

Oito novos procurados pela polícia foram adicionados ao Baralho do Crime, ferramenta criada para estimular os baianos a denunciarem procurados pela polícia. A atualização do baralho ocorreu na última sexta (10), mas só foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) neste sábado (11).

Uma das novas caras é Jasiane Silva Teixeira, também conhecida como “Dona Maria”, que se tornou a Dama de Copas do Baralho do Crime. Ela é acusada de tráfico de drogas e homicídio, com atuação emVitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. O Três de Ouros passa a estampar o rosto de Venício Bacellar Costa, o “Fofão” ou “Doido”, que atua na região de Abrantes, em Lauro de Freitas, e é procurado por tráfico de drogas e homicídio.

O Dois e Ouros agora apresenta Ricardo Martins Batista Santos, ou “Bocão”. Ele atua em Fazenda Coutos, na capital baiana, e é procurado por homicídio. A carta Oito de Copas passa a apresentar o homicida Adelson dos Santos Moreira Ramo, atuante em Pau da Lima, e acusado de homicídio.

O naipe mais modificado foi Paus, com três cartas alteradas. O novo Valete de Paus é Allan Keyson Regis de Souza, apelidado de “Jegue”, procurado por tráfico de drogas. Jegue desenvolve suas atividades criminosas nos bairros de Cidade Nova, Pau Miúdo, Iapi e Liberdade, em Salvador. O novo Oito de Paus é Rafael Almeida de Jesus, conhecido como “Rafinha”, investigado por homicídio e tráfico de drogas. Rafinha age na região de São Cristóvão, também em Salvador. O Três e o Quatro de Paus são Leonardo Fernando dos Santos, “Léo Barata”, e Yuri Carlson Santana Santos, “ET” ou “Cabeça de Repolho”, rspectivamente de Valéria e Lagoa da Paixão. Ambos são procurados por homicídio, porém ET também é investigado por tráfico.

Segundo informações da SSP-BA, desde a sua criação, o Baralho do Crime já foi atualizado 119 vezes e contribuiu para a retirada de 98 criminosos de circulação até o ano o fim de 2016. Para denunciar, o cidadão deve acessar o site da SSP-BA e clicar no link do Disque Denúncia. O jogo está disponível 24 horas e, após reconhecer algum procurado, basta fazer contato através do (71) 3235-0000 (capital e Região Metropolitana) e 181 (para interior). A SSP-BA garante o sigilo da denúncia.

Fonte:G1

Sobre Evelyn Shiroki

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

CALÇAMENTO NO BAIRRO ESPÍRITO SANTO

A vereadora Elienis Tigre (PMDB) indicou o calçamento da rua Wantuil Lopes no bairro Espírito Santo. “Devemos ter sensibilidade para reconhecer os transtornos que moradores desta localidade passa. Lama, poeira, difícil acesso, dentre outros são alguns que cito imediatamente. O calçamento ...