CÂMARA MUNICIPAL APROVA MOÇÃO DE REPÚDIO CONTRA A COPASA

Depois de anos, a Câmara de Nanuque reconheceu que a Copasa não cumpre sua obrigação legal e aprovou, por unanimidade, moção de repúdio contra a autarquia e também enviou um requerimento à procuradora da câmara para as devidas providências legais cabíveis.

“É lamentável, mas a Copasa só está universalizando os hidrômetros, quebrando as calçadas , fazendo crateras nas ruas e cobrando taxa de esgoto de forma abusiva. Os consumidores estão apavorados e cansados com essa falta de respeito”, lamentou o vereador Pastor Carlos Lucas.

“Tendo em vista a inércia da Copasa e a total falha de comunicação da agência, propusemos a moção de repúdio”, argumentou a parlamentar e presidente do Legislativo Nininha Rosilene.

A Copasa se mantém inerte mesmo diante das milhares de reclamações e irregularidades na prestação de serviços na cidade. E na última semana, a gota d’água foi justamente a paralisação, de 1 semana, na rede de abastecimento, sem aviso prévio e com muitas informações desencontradas da própria Copasa.

A Copasa se mostrou ser apenas uma agência figurativa e inútil ao interesse público.

A moção de repúdio foi assinada pelos 13 vereadores.Para justificar o requerimento e a moção de repúdio, vereadores fizeram levantamentos junto aos moradores durante o caos instaurado na última semana e identificaram vários tumultos com os caminhões pipas enviados tardiamente para os bairros.

  ,

 

Sobre Evelyn Shiroki

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

CALÇAMENTO NO BAIRRO ESPÍRITO SANTO

A vereadora Elienis Tigre (PMDB) indicou o calçamento da rua Wantuil Lopes no bairro Espírito Santo. “Devemos ter sensibilidade para reconhecer os transtornos que moradores desta localidade passa. Lama, poeira, difícil acesso, dentre outros são alguns que cito imediatamente. O calçamento ...