MACACOS AGREDIDOS POR CAUSA DA FEBRE AMARELA

0
1480

Biólogos gaúchos lançaram uma campanha para proteger os bugios. Vários relatos de violências contra os animais surgiram desde o início do surto de febre amarela no Estado, no fim do ano passado. “Falta informação”, aponta o pesquisador da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Júlio César Bicca-Marques. “Algumas pessoas pensam que os macacos trouxeram a doença.”

A campanha, intitulada “Proteja seu anjo da guarda”, pretende mostrar que os animais prestam um importante auxílio no combate à doença. “A descoberta de animais mortos serve de alerta para que o Estado promova campanhas de vacinação e imunize a população”, explica o biólogo. “Sem os macacos, isso só aconteceria depois dos primeiros casos em seres humanos.”

Segundo Bicca-Marques, houve relatos de agressão nas proximidades de Antonio Prado (RS), Santa Maria (RS), Uruguaiana (RS), Passo Fundo (RS) e Dois Irmãos (RS). A maioria dos animais seria vítima de envenenamento, método mais discreto do que o uso de armas de fogo.

Fonte: Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.