“MÃOS AO ALTO, R$4,19 É UM ASSALTO”

“Mãos ao alto, R$ 4,19 é um assalto”, diziam os manifestantes enquanto dirigiam os carros, com pisca-alerta ligados, e buzinavam,  na cidade do Prado-BA.

Nos postos, cada consumidor abasteceu R$ 0,50 de gasolina, alguns pagaram com cédulas de grande valor, porém todos exigiram nota fiscal.

A movimentação começou por meio das redes sociais. Teve até gente que não estava sabendo, mas resolveu aderir ao protesto ao ver o movimento nos postos.

“Eu acho um absurdo um posto cobrando R$ 4,19 o litro. Eu não estava sabendo do protesto, mas quando vi o movimento e me informei, resolvi participar”, contou o Sr. Antônio dos Santos. Ele abasteceu a moto com R$ 0,50 de gasolina e exigiu a nota fiscal.

Os três postos de combustíveis em Prado, praticam preços iguais ou muito próximos, com preços variando entre R$ 4,09 e R$ 4,19 (um ágil muito acima do praticado na região). Em Alcobaça, o litro de gasolina está sendo vendido à R$ 3,69. Esse também é o preço em Caravelas. Em alguns postos de Itamaraju, o combustível é vendido à R$ 3,73.

Sobre Evelyn Shiroki

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

INDICAÇÕES LEGISLATIVAS DE 06 A 19 DE NOVEMBRO

Benta Viegas Bouzada – Professora Suzi Sinalização e regularização dos pontos de ônibus. Carlos Lucas do Nascimento -Pastor Carlos Lucas Operação tapa buracos nas ruas: Álvaro Vieira e Aimorés no bairro Romilda Ruas, Av.Ivo Dantes Lajes na Reta, Av. Alves ...