NO MELHOR ESTILO DÓRIA, VEREADOR PÕE A MÃO NA MASSA NOVAMENTE

0
884

Imagine um político que tira dinheiro do próprio bolso para limpar ruas, realizar serviços de drenagem ou mesmo melhorar o acesso às calçadas? Este perfil ainda existe graças a falta de capacidade do estado em resolver os problemas da população e os resquícios culturais do assistencialismo. Colocando literalmente a mão na massa e estreando o primeiro mandato na Câmara Municipal de Nanuque, o vereador Edson Fernandes Mandela movimenta a rotina das comunidades na cidade em lugares onde o “poder público” não chega. Pelo menos com a rapidez devida.

A receita é curiosa. Nas ruas, há trabalhos feitos por Mandela. Ele faz questão de participar da realização das obras. Faz massa para cimento, carrega tijolos e até leva pessoas da comunidade para hospitais. Perguntado, porém, se este não seria um dever do serviço público, ele responde diretamente: “se você for esperar a ambulância chegar pode ser tarde demais. Só não transportamos quando o caso é mais grave e é necessário um especialista. Faço isto pelo povo”, acrescenta.

Dos benefícios e favores à população, é preciso levar em consideração um fator: seu trabalho pode ser vigiado pela Justiça Eleitoral. Um especialista em direito eleitoral , que atua no mercado e pediu reserva, destacou que não é proibida a “caridade”, nem a ajuda na construção de obras que deveriam ser realizadas pelo poder público. O único problema seria se, ao realizar os serviços ou o atendimento, o vereador exigisse a troca do serviço por votos. Então, até lá, caso não seja confirmada nenhuma denúncia sobre este tipo de relação, Mandela poderá continuar fazendo sua política, a seu modo, representando um estado que não chega no tempo certo.

Com essas bases, a quadra do bairro Nações Unidas teve sua limpeza e capina realizada pelo vereador e sua equipe pessoal.

  

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.