Operação Direção Perigosa apura fraudes na obtenção de CNH no Vale do Mucuri

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate do Crime Organizado (GAECO), a Polícia Civil e a Polícia Militar deflagraram na manhã desta quarta-feira, 4 de outubro de 2017, a operação Direção Perigosa. O objetivo da ação, realizada em Teófilo Otoni, Nanuque e Águas Formosas, é combater fraudes para obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ao longo de aproximadamente cinco meses de investigações no bojo de inquérito policial presidido pela Corregedoria-Geral de Polícia Civil foi identificado que candidatos estariam utilizando endereços falsos para realizar exames de direção em Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretrans) diversa de seus domicílios a pretexto de suposta facilidade na aprovação, além da constatação de fraude no sistema de biometria nas aberturas de aulas em Curso de Formação de Condutores.

Na operação, policiais civis da Corregedoria-Geral de Policia Civil e do Núcleo Correcional do 15° Departamento, com o apoio de policiais militares, cumpriram quatro mandados de busca e apreensão, um de prisão preventiva e 20 de condução coercitiva.

Texto: Aconteceu no Vale

Sobre Evelyn Shiroki

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

CALÇAMENTO NO BAIRRO ESPÍRITO SANTO

A vereadora Elienis Tigre (PMDB) indicou o calçamento da rua Wantuil Lopes no bairro Espírito Santo. “Devemos ter sensibilidade para reconhecer os transtornos que moradores desta localidade passa. Lama, poeira, difícil acesso, dentre outros são alguns que cito imediatamente. O calçamento ...