VENDA DE CELULARES NO PRESÍDIO REGIONAL DE NANUQUE

Promotoria de Nanuque protocola junto ao Ministério Público de Minas Gerais denuncia mais um caso de corrupção por parte de uma agente penitenciária.

O inquérito corre em sigilo até o seu término, mas sabe-se que a agente foi denunciada por um detento, que alegou ter sido oferecido a ele um celular para compra.

Em 2016, outro agente chegou a ser preso por corrupção passiva, a pena inferior a 4 anos, deu a ele a possibilidade de regime semiaberto e o mesmo se encontra em liberdade. Segundo informações, um celular era vendido, à época, por R$2 mil e calcula-se que aproximadamente 100 aparelhos foram vendidos.

Sobre Evelyn Shiroki

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

SUZI BUSCA SOLUÇÃO PARA O PERIGO DOS TERRENOS BALDIOS

Vários moradores, munidos de fotografias e de pequenos animais peçonhentos presos, procuraram a vereadora Benta Viegas (REDE) para reclamar do crescente aparecimento de animais peçonhentos e de mosquitos em suas residências, todos provenientes de terrenos ou de casas abandonados. Diante ...